Citoesqueleto e Interação Patógeno-Hospedeiro

Lider (es): Munira Muhammad Abdel Baqui
Telefone (s): (16) 3315-3059

Linhas gerais

O laboratório tem o enfoque  na caracterização funcional de proteínas do citoesqueleto de patógenos relevantes no nosso meio como Leishmania, Trypanosoma cruzi e Trypanosoma brucei e nas interações celulares e moleculares com a célula hospedeira

Linhas de pesquisa

1) Projeto: Caracterização dos compartimentos celulares durante a infecção com Trypanosoma cruzi. 

Os tripanossomatídeos desenvolveram uma gama de estratégias para subverter e burlar a imunidade inata do hospedeiro e estamos interessados em caracterizar as alterações celulares e moleculares que a célula hospedeira responde devido à presença do parasito seja no citoplasma como no núcleo. 

Empregamos inúmeras técnicas de biologia celular como microscopia de fluorescência e de confocal em células fixadas e vivas utilizando marcadores dos compartimentos celulares, western blotting, RNAseq e análises das imagens em softwares específicos. Também construção de proteínas recombinantes e silenciamento por RNAi  e edição do gene através de Crispr/Cas9 para os estudos das interações celulares.

2) Projeto: Caracterizar novas proteínas e genes do citoesqueleto de patógenos relevantes no nosso meio como Leishmania major, Trypanosoma cruzi e Trypanosoma brucei

Os tripanossomatídeos representam um modelo magnífico para análises de questões básicas sobre o citoesqueleto permitindo obter um melhor conhecimento sobre a evolução de eucariotos superiores.

Recentemente caracterizamos a proteína FAZ10 em T. brucei. Esta proteína tem papel no posicionamento do sulco de clivagem durante a divisão celular e sua ausência leva a erros gerando células multinucleadas ou sem núcleos chamanda de zoids durante o ciclo celular (Moreira et al, 2017).  Estamos interessados em identificar os parceiros moleculares que interagem com a FAZ10 no citoesqueleto.  

Os projetos relacionados envolvem produção de anticorpos policlonais, imunofluorescência, confocal, microscopia eletrônica, western blotting, clonagens, construções de proteínas recombinantes, transfecções,  RNA de interferência (RNAi), edição do gene através de Crispr/Cas9,  interação proteína-proteína, análises de bioinformática entre outros.

Entre em contato para saber mais sobre os projetos no laboratório.

Integrantes do lab 

Doutorado

  1. Camila Gachet de Castro. Projeto, Bolsista CAPES.
  2. Lays Adrianne Mendonça Trajano Silva, Bolsista CNPq

Mestrado

  1. Raul Alexander Gonzáles Córdova, Bolsista CNPq.
  2. Cleidy Mirela Osorio Mogollón, Bolsista CNPq.

Iniciação Científica

  1. Aylla Krebs von Ermland, Estudante de Biologia, FFCLRP/USP, Bolsa PUB/USP.
  2. Giovana Comper, estudante de Medicina, UNAERP, Bolsista PIBIC, CNPq.
  3. Thamires Rossi dos Santos, estudante de Biologia, FFCLRP/USP.
  4. Daiane Cristina da Silva, Estudante de Fisioterapia, FMRP/USP.

Técnica

Carol Kobori, Ms.C.

Publicações Relevantes 

Moreira, B.P., C.K. Fonseca, T.C. Hammarton, and M.M. Baqui. 2017. Giant FAZ10 is required for flagellum attachment zone stabilization and furrow positioning in Trypanosoma brucei. J Cell Sci. 130:1179-1193.

Moreira B.P., De Castro CG, Prado, LC, Fonseca C.K., and Baqui, M.M.A. (2017). Use of antibodies from the same host species in double labeling immunofluorescence on trypanosome cytoskeleton. Microscopy and imaging science: practical approaches to applied research and education (A. Méndez-Vilas, Ed.), pag 374-378, série 7, ISBN 9788494213496, Editora Formatex Research Center.

Baqui M.M.A, Milder R.V., Mortara R.A. and Pudles J. (2000). In vivo and in vitro phosphorylation  subcellular localization of trypanosomatid cytoskeletal giant proteins. Cell Motility and Cytoskeleton 47: 25-37. 

Mais Publicações

» Scholar

Oportunidades

O laboratório tem disponibilidade de vagas para Mestrado, Doutorado e Iniciação científica para os diferentes projetos no laboratório.  Entrar em contato diretamente com a Profa. Munira (munira@fmrp.usp.br, tel 16-3315.3059).